Nordestina: Medicamentos são queimados em lixão; alguns não estavam vencidos

2

Vigilância Sanitária justifica o ocorrido.

Uma denúncia na manhã de sábado (06) de que centenas de medicamentos foram queimados na cidade de Nordestina,no território do sisal, por equipes da Secretária do Município deixou parte da população inconformada ao tomar conhecimento que em meio a tantos medicamentos vencidos que estavam sendo incinerados, foram encontrados também algumas marcas que venceria ainda no ano 2014.

De acordo com o vereador Pedro Mendes, a quantidade de remédio vencido era muito grande, mas havia grande parte que teria seu prazo de validade até o ano de 2014 “Perguntamos a população: por que tantos medicamentos vencidos? E porque queimar medicamentos com seu vencimento em 2014? Será que a nossa população carente não precisa? Não adoece? Cabe ao gestor municipal a nos explicar e principalmente explicar a população da nossa querida Nordestina.

Quero informar ainda que apenas estamos cumprindo com o nosso papel que é fiscalizar não só os documentos mais também na sua prática.” Completou o Vereador.

Ainda de acordo com o vereador, frequentemente se depara com queixa de pessoas que tem dificuldades em adquirir medicamentos nas unidades públicas de saúde do município, bem como o atendimento por parte de alguns profissionais do Hospital do município.

Vigilância Municipal de Saúde justifica o fato

A vigilância Sanitária Municipal de Nordestina vem por meio desta esclarecer a toda população que na tarde do dia 05 de julho de 2013, a charrete do besouro da prefeitura não estava lotada apenas por caixas de medicamentos proveniente da Farmácia Básica do Hospital Otto Alencar. Mais sim, por diversas caixas contendo mercadorias vencidas apreendidas nos últimos dois meses durante fiscalizações sanitárias realizadas nos mercados, padarias e farmácias do município.

As caixas em sua grande maioria estavam cheias de papéis incluindo requisições antigas que foram queimadas para liberar espaço em uma determinada sala do Laboratório João Soares Moura, onde funcionam a vigilância sanitária, o centro de endemias e o laboratório do município.

A quantidade de medicações incineradas não chegou a 20% do montante do material queimado naquele dia.
Toda mercadoria que chegou ao setor de Vigilância Sanitária enviada para incinerar e conferida anteriormente pelo responsável, estavam com a validade vencida. Se realmente esses itens demonstrados nas fotos vieram dos lotes queimados nos estranha o fato das embalagens não apresentarem sinais de queima, apresentando embalagens intactas.

Porém, como agentes públicos responsáveis pelos nossos atos, convidamos os atores da denúncia para comparecerem na sede da Vigilância Sanitária do município de Nordestina para apurarmos tal denúncia, com transparência e responsabilidade.
Atenciosamente, Nivaldo de J. Souza Filho Coordenador de Vigilância Sanitária

Da redação * informações Jornal Sertanejo

2 COMMENTS

  1. Caro vereador. Em momento algum dissemos que os medicamentos apresentados nas fotos não eram de origem hospitalar. Dissemos sim, que também foram incinerados neste mesmo dia medicamentos apreendidos ou que nos foram entregues por donos de farmácias do município. O que nos espantou foi o fato das chamas terem consumido os materiais ora queimados (que não eram apenas medicamentos) e as embalagens dos medicamentos ainda permanecerem intactas.
    Quero deixar claro que esse papel de enganar o povo, como você mesmo disse, não nos cabe. Nem candidato somos. Somos sim, funcionários públicos e como tal nos colocamos à disposição para esclarecimento dos fatos.

    Nivaldo de J.Souza Filho
    Coordenador de Vigilância Sanitária de Nordestina/BA

  2. Bem, senhor Nivaldo;como vemos aqui nesse seu comentário voçê se faz de desentendido quando fala que não entende porque as embalagens dos medicamentos estava intactas , as fotos hora postadas tem pra todos os gostos, tem remédio queimado feito churrasco e tem também sem apresentar sinais de fogo, isso quer dizer que chegamos no momento exato em que colocaram fogo , o que mostra no video o momento exato em que o vereador costinha pega os medicamentos intactos sem nenhum sinal de destruição por parte do fogo.Entendo tambem que embora voce não seja candidato como voce mesmo disse mas tenta a todo custo amenizar a situação, mais eu te entendo . Nós vereadores sabemos que denuncia infundada pode gerar multas para nós, sabemos o que estamos fazendo.( COM A PALAVRA O MINISTÉRIO PUBLICO).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here