Tribunal do Júri condena acusado de matar namorada em 2008 em Itiúba

0

fdfwO tribunal do júri no município de Itiúba condenou Joaquim Rosa Santos a 15 anos e seis meses de prisão. O réu é acusado na morte de sua namorada Rosângela Mary Brizolara Almeida, ocorrida na noite de 22 de janeiro de 2008 em uma estrada vicinal que liga Itiúba ao povoado de Tapera. Na ocasião, Joaquim utilizou uma pedra para ferir mortalmente a vítima. Na época do crime, foi encontrado um revólver Taurus, calibre 38, na residência de Joaquim, motivo pelo qual ele também foi acusado de posse ilegal de arma de fogo. A promotora de Justiça Aline Curvelo Tavares de Sá fez o papel da acusação e sustentou a tese de homicídio qualificado. A promotora afirma que o Mapa da Violência 2014 mostra que a Bahia teve o número de homicídios triplicado, sendo o Brasil o sétimo país com maior número de homicídios de mulheres. Como o réu encontra-se foragido, a juíza Louise de Melo Cruz Diamantino Gomes, que presidiu o júri, decretou sua prisão preventiva. O julgamento foi realizado na quarta-feira (3), no Fórum Desembargador José Soares Sampaio. O júri integra o rol de processos relativos ao cumprimento da Meta 2 Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here